Segunda, 21 de outubro de 2019
44 9816-6299 / 44 999116887
Internacional

25/09/2019 às 20h02

133

Redacao

Maringá / PR

Mulher é atacada e morta pelos próprios cães dentro de casa
Cão de estimação ataca e mata a dona
Mulher é atacada e morta pelos próprios cães dentro de casa
MERCURY PRESS & MEDIA)

Mulher é atacada e morta pelos próprios cães dentro de casa.


 


Em uma tentativa de salvar a vítima, vizinhos atiraram tijolos e outros objetos pesados por uma porta lateral à casa


 


Uma mulher foi atacada e morta pelos próprios cães DJ e Billy dentro de sua casa em Widness, em Cheshire.


 


Vizinhos tentaram salvar Elayne Stanley, de 44 anos, jogando tijolos e outros objetos nos animais por uma porta lateral à residência, mas a tragédia foi inevitável.


Conforme a polícia local, vizinhos de Elayne ouviram gritos angustiantes da mulher enquanto os cães a atacavam, e perceberam o que estava acontecendo após a filha da vítima sair de casa suplicando por ajuda.


Os animais de estimação foram descritos pelos vizinhos como cães do tipo bulldog americano e boxer, e eram grandes e musculosos. Apesar disso, na vizinhança nunca se escutou latidos ou algo que desse a entender que a família enfrentava problemas com os cachorros.


 


Vizinhos jogaram tijolos e outros objetos para deterem os cães enfurecidos


 


Em uma tentativa de salvar a vítima, vizinhos atiraram tijolos e outros objetos pesados por uma porta lateral à casa.


 


Após conseguirem tirar os cães de cima de Elayne, os indivíduos tentaram conter o a cena sangrenta com toalhas, mas era tarde.


 


De acordo com informações preliminares, os cães teriam atacado a tutora após ela e uma das filhas discutirem dentro da propriedade por volta das 17h desta terça-feira (24).


 


Segundo uma testemunha, ela ouviu a garota gritando o nome de um dos cães próximo ao horário do ataque.


 


“Eu ouvi a filha de Elayne chamar pelo DJ, e eu sei que era o nome do cachorro. Ela estava dizendo que não conseguia alcançar a mãe. Os gritos foram terríveis e alguém chutava a porta. Eu ouvi alguém falando para pegar toalhas e chamar uma ambulância. As meninas estavam chorando”, contou a testemunha sem se identificar.


 


A vizinha Bev Hall, que conhece a vítima há 22 anos, contou que os cães foram presos no quintal com a ajuda de vizinhos. “Quando os paramédicos chegaram não havia nada que pudessem fazer, ela havia sangrado até a morte 


Além disso, Bev Hall afirmou que a polícia tentou tranquilizar os cães, mas DJ estava muito nervoso e foi preciso atirar no animal duas vezes para contê-lo. Já Billy foi tranquilizado e levado a um canil seguro. 


 


O que diz a polícia


 


Um porta-voz da polícia de Cheshire disse que uma viatura foi acionada por volta das 17h15 de terça-feira para atender uma mulher de 44 anos que havia sido atacada por dois cães.


 


“Os policiais compareceram à propriedade e descobriram que a mulher estava em estado grave. Apesar dos esforços de todos os envolvidos, a mulher morreu no local, e seus familiares foram informados e receberam apoio dos policiais”.


 


Além disso, a polícia confirmou que logo depois do ataque foram feitas repetidas tentativas para proteger os dois animais com segurança e removê-los do endereço, mas apenas foi possível conter Billy. “Tentativas foram feitas para tranquilizar o segundo cão, mas sem êxito e por questões de segurança pública o cachorro precisou ser baleado”.


 


De acordo com o inspetor-detetive Ian Whiley, a polícia está fazendo o possível para apurar todas as circunstâncias do incidente. “Nesta fase acredita-se que a vítima realmente conhecia os cães e que eles moravam no endereço”, concluiu.

FONTE: Ric mais

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados